app

Super User

Super User

A seleção brasileira feminina de vôlei iniciou com vitória sua caminhada na Copa dos Campeões disputada no Japão. Em duelo realizado nesta terça-feira em Tóquio (madrugada no Brasil), as meninas superaram a Rússia por 3 a 1 (parciais de 25/17, 23/25, 25/23 e 25/12) e partem firme em busca de mais uma conquista para a galeria. Com 28 pontos, Tandara foi o destaque absoluto em quadra.

Esta é a sétima edição da competição, que teve sua primeira versão vencida por Cuba em 1993. Ganhador em 2005 e 2013, o Brasil é quem mais levantou o caneco do torneio sempre realizado em solo japonês. A rodada inaugural teve também a vitória da China de virada sobre os Estados Unidos também por 3 a 1 (18/25, 25/18, 25/14 e 25/17) e seguirá ainda nesta terça com as donas das casa pegando a Coreia do Sul.

O jogo

 
A garra de Gabi também fez a diferença no time comandado por Zé Roberto (Foto: FIVB / Divulgação)

A garra de Gabi também fez a diferença no time comandado por Zé Roberto (Foto: FIVB / Divulgação)

Iniciando o encontro com Roberta, Gabi, Carol, Tandara, Natália e Bia (além da líbero Gabi), o selecionado brasileiro começou jogando solto, com desenvoltura. As meninas sobraram no set inicial e, com tranquilidade, venceram com confortáveis 25/17 no placar.

A parcial seguinte parecia ir pelo mesmo caminho, mas o time nacional acabou permitindo a reação das rivais, que viraram para 19/17. A parcial seguiu pau a pau até enfim a seleção euroasiática fechar em 25/23 e empatar a partida em 1 a 1.

O Brasil começou na frente a terceira parcial, porém as russas reagiram (13/10) e mantiveram a dianteira até fazerem 23/20. Parece ter sido esta a deixa para as comandadas de José Roberto Guimarães se agigantarem e, em uma recuperação sensacional, virarem o marcador e definirem a parcial em 25/23.

 
Tandara desmontou o bloqueio russo (Foto: FIVB / Divulgação)

Tandara desmontou o bloqueio russo (Foto: FIVB / Divulgação)

A vitória no set anterior pareceu ter vitaminado ainda mais a equipe brasileira, que atropelou na sequência. De maneira arrasadora, as meninas não deram a menor chance à equipe da Rússia, emplacaram 25/12 e confirmaram de forma categórica o ótimo começo no torneio realizado no Japão.

Além da formação inicial, entraram no decorrer Mara, Amanda, Monique e Rosamaria. Com seus 28 pontos, Tandara foi o destaque absoluto , porém Gabi e Bia, ambas com 14 pontos ao todo, também jogaram muita bola. Entre as russas, a melhor anotadora foi Nataliya Goncharova, com 16 pontos.

 Fonte: G1

 

O primeiro uso oficial no Brasil da “vacina para câncer”, apresentada ao mercado em dezembro de 2016, foi iniciado em um paciente do Hospital São Camilo Cura d’Ars, em Fortaleza. A Blinatumomab, chamada de Blincyto, começou a ser diagnosticada no idoso na última sexta-feira, 1ª. O tratamento de infusão continuada da substância dura 28 dias e custa, por dia, R$ 10 mil. O valor está sendo pago por um convênio de saúde vinculado à Petrobras.

A Blincyto foi liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) há 90 dias, mas precificada somente na quarta-feira passada, conforme o responsável pelo tratamento do paciente no hospital São Camilo e pós-doutor em hematologia, Ronald Pinheiro. “A droga já foi usada no Brasil em teste laboratoriais ou sem seguir as regras da Anvisa, mas de acordo com a legislação brasileira, é a primeira vez”, frisa.

O tratamento foi iniciado às 17 horas da sexta passada e já apresentou resultados impressionantes, com queda de células leucêmicas de 70 mil para 4.500 - em apenas quatro dias. No Brasil, esse tratamento só foi liberado para idosos, mas também é eficaz em crianças, que são curadas em 80% dos casos.

“A utilização é para leucemia linfocítica aguda, quando não tem mais possibilidade de ser feita a quimioterapia tradicional. A gente chama de vacina, mas o nome certo é imunoterapia”, explica Ronald. O nome do paciente, bem como a idade, é mantido em sigilo por ética médica.

O tratamento, além de caro, costuma dar reações anafiláticas fatais e requer atenção continuada da equipe médica. “Uma dose, por dia, tem nove microgramas. Um miligrama tem 1.000 microgramas. Tem nas primeiras semanas risco de óbito de 19%, por isso, é muito perigosa e requer tanto cuidado. Tem que colar no paciente”, afirma Ronald.

Vantagens

A grande vantagem, ainda de acordo com Ronald Feitosa, é o duplo mecanismo no tratamento com a substância. “Tem um estudo randomizado, publicado em 2016, na New England Journal of Medicine, que mostra que é muito mais efetiva que a quimioterapia tradicional. Tanto mata célula leucêmica doente, como estimula o sistema imunológico a atacara a célula da leucemia. Não podemos ainda falar em cura, mas o grande benefício é prolongar a sobrevida”, completa.

Fonte: O Povo

Nesta terça-feira (05/07), a partir das 9h, a prefeita em exercício Christianne Coelho estará assinando ordem de serviço para a construção do Centro de Referência da Mulher Ana Soraia Silva Galdino, que atenderá mulheres vítimas de violência doméstica, seja ela física, emocional, moral ou vítimas de outras formas existentes de violência.

A construção do Centro de Referência da Mulher foi uma luta minha enquanto vereadora e que, com muita honra e alegria, começará a ser construída esta semana. Após a assinatura da ordem de serviço, a construtora terá até 45 dias para concluir o Centro, que será coordenado diretamente por mim. Daremos assistência social, jurídica, psicológica e formação para o trabalho às mulheres vítimas de violência ou não. Queremos um centro vivo, que tenha a participação efetiva das mulheres”, ressaltou a prefeita em exercício, Christianne Coelho.

Serviço:
Centro de Referência da Mulher
Avenida Lúcia Saboia, N°215, Centro 

Fonte: Blog de Sobral

A Prefeitura de Sobral, por meio da Secretaria da Cultura, Juventude, Esporte e Lazer (Secjel), através da Escola de Formação Olímpica (ESFO), realizou no último sábado (02/09) e domingo (03/09) o I Mix Figther de Artes Marciais de Sobral, com a participação de diversos alunos e atletas de diversas cidades da região norte.

De acordo com o titular da Secjel, Igor Bezerra, “eventos como esse servem de motivação para os atletas seguirem apostando no sonho de entrar no circuito de alto rendimento no país. O evento contou com a participação de 72 atletas e um total de 36 lutas, sendo 20 lutas de boxe e 16 lutas de trocação. Tivemos um público rotativo de aproximadamente 600 espectadores”, afirmou o titular da Secjel, Igor Bezerra.

O evento é idealizado e realizado pelos professores da ESFO, e contou com o apoio das Secretarias Municipais da Saúde e Educação.

Fonte: Blog de Sobral

Ceará e Fortaleza estiveram em campo na manhã deste domingo, 3, disputando um Clássico-Rei pelo Campeonato Cearense Sub-17. A garotada do Alvinegro definiu a vitória no primeiro tempo de jogo, marcando duas vezes no estádio Alcides  Santos, no Pici. 

A partida também foi mais uma oportunidade do torcedor vivenciar o Clássico-Rei, que nesta temporada teve apenas um jogo disputado entre profissionais, em janeiro, quando o Leão superou o Vovô por 1 a 0, com gol de Gabriel Pereira. 

O confronto no Sub-17 foi o terceiro deste ano entre juniores. Anteriormente, Ceará e Fortaleza se enfrentaram duas vezes pelo Sub-15.

O jogo

Na primeira etapa do jogo, os jovens jogadores do Ceará conseguiram criar as melhores jogadas. Em uma partida truncada no meio de campo, o Vovô chegou à meta do do goleiro adversário após jogada individual do atacante Luís David. O camisa 9 trombou com a zaga tricolor e arrancou para ficar de frente para o goleiro rival e abrir o placar do confronto.

Com o gol, o Ceará se manteve melhor no jogo, enquanto o Tricolor tinha dificuldades para invadir a área adversária. Neste cenário, o Alvinegro do Porangabuçu balançou as redes do rival novamente. Wilden, em cobrança de falta, ampliou.

O Fortaleza ainda teve a chance de diminuir, no primeiro tempo, com pênalti cobrado por Narcílio e defendido pelo goleiro Enzo.

No segundo tempo, o Tricolor voltou com uma proposta mais ofensiva e conseguiu boas jogadas pelas pontas. O Leão ampliou o domínio no setor defensivo do Ceará, quando o Alvinegro teve o lateral direito Massilon expulso após dois cartões amarelos.

Entrentanto, a superioridade do Fortaleza não foi transformada em gol. Pelo menos em duas boas chances do Tricolor para empatar, o goleiro Enzo salvou o Ceará.

Luís David, autor do primeiro gol do Ceará (Foto: Pedro Chaves/Federação Cearense de Futebol)

"Sabemos que é muito difícil jogar aqui, mas conseguimos manter nosso ritmo e fizemos gols no primeiro tempo. No segundo tempo, tivemos a infelicidade de ter um jogado expulso, mas conseguimos nos fechar e sair com a vitória", resumiu o atacante Luís David, autor do primeiro gol do Ceará.

Do lado Tricolor, o atacante Eliel fez uma avaliação do time. "Levamos o gol no começo. Fomos superiores no segundo tempo, conseguimos trabalhar mais a bola. Tentamos o gol, mas perdemos as oportunidades. Foi um jogo bom entre duas equipes qualificadas, mas não foi o que a gente queria para esse jogo", disse o camisa 9 do Fortaleza.

Clima de harmonia entre os clubes

Dentro de campo, os dois times se entregaram na rivalidade sadia do futebol. Fora das quatro linhas, o clima foi de harmonia entre os dois clubes, tanto no âmbito dos jogadores, quanto na parte das diretorias. Dirigentes de Fortaleza e Ceará assistiram à partida juntos e ressaltaram a paz no esporte.

Atletas se cumprimentam após o jogo (Foto: Pedro Chaves/Federação Cearense de Futebol)

Para o presidente do Fortaleza, Luis Eduardo Girão, que acompanha o elenco profissional em Aracaju e assistiu ao jogo pela internet, foi um momento de "celebração" entre os clubes. "Trata-se de um honra. Receber o Ceará nesta manhã foi muito bom, ver as diretorias juntas, os nossos garotos e do Ceará entrando juntos em campo. Rivalidade só dentro de campo. Fora tem que ter harmonia, afinal somos adversários, jamais inimigos. A gente precisa dar o nosso máximo enquanto dirigentes socialmente responsáveis", afirmou. 


O coordenador das categorias de base do Vovô, Mazinho Patrão, reforçou o laço de amizade entre os clubes. "Essa é a imagem que a gente precisa passar para o torcedor, imprensa, público de modo geral, de que os clubes são adversários, mas não são inimigos. Dentro de campo, todo mundo quer ganhar. Mas fora das quatro linhas, dá para se viver em harmonia, em clima cordial. Essas ações já estão se tornando rotineiras nas categorias de base. Tem que ter clima de respeito e cordialidade", comenou Mazinho.

Fonte: O Povo

Nascido em Maranguape, o técnico químico e astrônomo Lauriston Trindade foi o primeiro brasileiro a prever duas chuvas de meteoros por meio da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon).

O estudo do cearense foi reconhecido pelo Meteor Data Center, órgão ligado à União Astronômica Internacional. Para formalizar a descoberta, Trindade vai participar da Conferência Internacional de Meteoros, na Sérvia. Mas há um problema. Lauriston está desempregado.

“Nós temos que fazer uma validação da descoberta a partir de um artigo científico. A União Astronômica Internacional quer que a comunidade científica tenha conhecimento da descoberta”, explicou Lauriston.

A viagem está prevista para o mês de setembro, mas por estar desempregado, ele tem dificuldades de conseguir recursos para realizar a viagem. Marcus Zurita, pesquisador e membro da Bramom, criou uma vaquinha na internetem maio. A expectativa era conseguir arrecadar R$ 8.500, mas até o momento R$ 7.430 foram doados.

Os estudos sobre a chuva de meteoros tiveram início no mês de janeiro. Foram vários cálculos e horas dedicadas à pesquisa para conseguir comprovar a existência do fenômeno. Para conseguir alcançar a descoberta, Lauriston teve que consultar inúmeros artigos científicos, desenvolver cálculos matemáticos para facilitar nos cálculos.

O resultado não poderia ter sido diferente. O cearense conseguiu identificar dois grupos de meteoros.

“No fim de janeiro, tínhamos duas chuvas de meteoros validadas. As chuvas aconteceram nos dias 11 de junho e 5 de agosto deste ano. Conseguimos saber as características dos 4.205 meteoros e identificar dois grupos”, explicou.

O técnico químico e astrônomo precisa ir à Sérvia para certificar a previsão (FOTO: Divulgação)

De dois empregos para nenhum

Mas antes da descoberta, o cearense atuava como técnico químico na Petrobras e era secretário adjunto do Meio Ambiente da Prefeitura de Maranguape. Na secretaria da Prefeitura, estava à frente de um projeto, chamado Estação de Inovação em Tecnologias Ambientais (Eita), que trata-se de uma escola destinada para os alunos do fundamental I e II para estudar o bioma e formar uma farmácia viva.

Devido às dificuldades de manter as duas atividades, Lauriston optou por deixar o seu cargo na Petrobrás para se dedicar ao projeto na Prefeitura de Maranguape. Entretanto, por conta da mudança de gestão, o cearense teve que sair do cargo. “Fui descontinuado”, disse Lauriston.

Desde então, o técnico químico e astrônomo tem se dedicado a aulas particulares de Química para poder conseguir ter uma renda enquanto não consegue um emprego.

Bramom

A Rede Brasileira de Observação de Meteoros é uma uma organização aberta e colaborativa, mantida por cerca de 70 voluntários e colaboradores. A associação não tem fins lucrativas e, por meio de uma rede de câmeras espalhadas pelo País, pretende monitorar os meteoros a fim de produzir dados para a comunidade científica. Segundo Lauriston, de 2014 a 2016, cerca de 100 mil registros de meteoros foram identificados.

Fonte: Tribuna do Ceará

Sistema garantirá água encanada para mais de 600 famílias. Camilo Santana anunciou ainda a construção de uma estrada no município


"Estou muito feliz por ter água na torneira todos os dias. Antes, a gente sofria muito. Eram vários dias sem água. É praticamente um sonho que estamos realizando". A moradora de Santarém I, Maria de Fátima Souza, 67, está entre as 616 famílias beneficiadas com o sistema de abastecimento de água inaugurado nesta sexta-feira (1°) pelo governador Camilo Santana, em Orós, que completou 60 anos de emancipação política. 

170901 ADUTORA SANTAREM OROS CG3127 WEBA obra está inserida no Programa Água Para Todos e vai beneficiar as comunidades de Santarém I e II. O valor total do investimento é de R$ 1.078.958,69. "Água é prioridade total em nosso governo. Por isso, é uma alegria muito grande proporcionar que tantas pessoas tenham água em suas casas. Antes não havia água encanada nas comunidades. Reitero que não vamos medir esforços para que a gente consiga atender as duas localidades. Vamos cavar ainda quantos poços forem necessários para garantir o abastecimento das famílias de Orós", afirmou o governador Camilo Santana, que visitou o sistema de bombeamento que leva a água do açude até Santarém I e II. 

O prefeito de Orós, Simão Pedro, afirmou que o sistema de abastecimento irá melhorar a qualidade de vida dos moradores e contribuir para o desenvolvimento de Santarém I e II. "Água é como ouro, é riqueza para nosso povo. Quero agradecer a parceria do Governo do Estado para que pudéssemos garantir o abastecimento para os moradores de Santarém I e II. A vida dessas famílias vai melhorar muito", disse Simão Pedro. O deputado estadual Agenor Neto e o secretário do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, também participaram da solenidade. 


Água para Todos 

Somente pelo Programa Água Para Todos já foram entregues, no Ceará, 468 sistemas de abastecimento d'água, sendo 266 entre os anos de 2015 a 2017. Além dos sistemas, o programa já entregou mais de 40 mil cisternas. 

Segundo o secretário Dedé Teixeira essa é a maior obra já entregue até o momento pelo Água Para Todos. “O Governo do Ceará, através da SDA, tem investido forte em programas que reduzam os impactos da estiagem, garantindo melhor qualidade de vida aos agricultores e aumento da renda do meio rural cearense, que vem sendo essencial na economia do nosso Estado”.

170901 ADUTORA SANTAREM OROS CG2956 WEB


Presente de aniversário 

No dia em que Orós completa 60 anos, o governador Camilo Santana garantiu a construção da estrada que liga a sede de Orós até Santarém - cerca de 25 km -, antigo sonho dos moradores. "Fiz questão de anunciar hoje a estrada, porque Orós merece esse presente. Já estamos fazendo o projeto e vamos licitar em breve essa importante obra para os moradores do município. Não tenho dúvidas de que a estrada levará mais desenvolvimento para Orós", disse Camilo Santana.

Quarta-feira, 15h45min. O dia e o horário da partida não eram convidativos ao torcedor. Mas não faltou quem arrumasse um jeitinho de ir até o Castelão acompanhar a vitória de 2 a 1 do Fortaleza sobre o Iguatu, ontem, na estreia do time na Taça Fares Lopes. Com ingressos custando R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), o duelo contou com 492 pagantes, 66 não pagantes e registrou renda de R$ 2.057.  

Teve gente que foi do colégio direto para o estádio para não perder o início da partida. Caso do estudante William Viana, de 16 anos. “Vale qualquer sacrifício para ver o Fortaleza. O que me trouxe aqui foi a paixão pelo clube. Mas ainda bem que estudo de manhã”, contou, aliviado.  

Como faz questão de marcar presença em todos os jogos do Tricolor na Capital, o advogado Robson Nogueira tratou de adaptar o seu expediente de modo a chegar a tempo de ver a partida na íntegra. 

“Não importa o horário, eu sempre vou aos jogos do Fortaleza. Hoje mesmo ainda tenho três petições para despachar, mas só vou fazer isso após o jogo”, conta. Houve também quem tivesse outro tipo de motivação para estar na arquibancada. Elaine Sousa foi até o estádio para prestigiar e torcer pelo marido, Eduardo, lateral-direito titular do Fortaleza no jogo de ontem. “Costumamos dar sorte”, disse, com o filho Eliardo no colo. E de fato deu. O Fortaleza conseguiu a vitória com gols de Alan Fabrício, no 1° tempo, e Dênis, na segunda etapa. No fim, Canga descontou para o Iguatu, mas não impediu que o Leão começasse bem a caminhada em busca do título da Fares Lopes, o que pode lhe garantir uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem.

Fonte: O Povo

O Ceará atingiu a marca dos 9 milhões de habitantes em 2017. Mais precisamente 9.022.477 pessoas. O dado vem das estimativas populacionais divulgadas ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Estado segue como oitavo mais populoso do Brasil e segundo do Nordeste, ficando atrás na região apenas da Bahia. O estudo apontou ainda uma tendência de desaceleração de crescimento demográfico no Ceará, baseado no aumento de 0,63% da população do ano passado para cá. Isso representa 0,06 ponto percentual menos ao levar em conta a variação 2015/2016 e 0,07 quando comparados a 2014/2015.

Dos 184 municípios do Ceará, 23 (12,5%) apresentaram em um ano diminuição populacional. Outras 145 cidades (78,8%) não registraram aumento ou o fizeram abaixo de 1%. Guaramiranga é o município que mais representa essa evasão de pessoas, com redução de 2,34%.

Outro fato que aponta para essa desaceleração é que o Ceará chegou à marca de oito milhões de habitantes em 2005. Ou seja, levou 12 anos para aumentar em 1 milhão seus habitantes. Para sair de sete milhões (1998) para oito milhões, foram necessários apenas sete anos.

Na contramão dessa corrente, 16 cidades elevaram em um ano a população em uma taxa superior a 1%. É curioso notar que sete desses municípios que cresceram estão localizados na Região Metropolitana de Fortaleza, o que pode representar uma evasão da Capital.

Essa tendência de queda não é restrita ao Ceará. De acordo com o IBGE, quase um quarto dos 5.570 municípios do Brasil apresentaram taxas geométricas negativas, isto é, diminuíram população. De 2016 para 2017, a taxa geométrica de crescimento populacional do País foi de 0,77%. O número é significativamente menor que o aumento de 3,6% observado no biênio 2012/2013.

A projeção do IBGE é de que, dentro de 25 anos (2042), a população brasileira atinja seu ápice — com 228,4 milhões de pessoas — para a partir daí começar a decrescer. O estudo divulgado ontem estima que atualmente o País tem 207,7 milhões de habitantes.

Fortaleza registrou uma taxa de crescimento populacional de 0,68% de 2016 para cá. Isso também aponta uma tendência de queda populacional, pois nos biênio 2014/2015 e 2015/2016, esses valores foram de 0,75% e 0,72%.

Estima-se que Fortaleza tenha atualmente 2.627.482 pessoas, o que a mantém como 5ª maior cidade do Brasil. São Paulo (12,1 milhões), Rio de Janeiro (6,5 milhões), Brasília (3 milhões) e Salvador (2,9 milhões) são as maiores do Brasil em população.

Caucaia (362,2 mil), Juazeiro do Norte (270,3 mil), Maracanaú (224,8 mil), Sobral (205,5 mil) e Crato (130,6 mil) completam o grupo de seis cidades mais populosas do Ceará.

Números

207,7 milhões de pessoas  é a população do Brasil estimada pelo IBGE

7 municípios da RMF estão entre os 16 do Ceará que tiveram aumento da população

2042 é o ano no qual o IBGE projeta que a população brasileira atingirá o ápice

Saiba mais

Metodologia

O IBGE não chegou aos números divulgados ontem contando de casa em casa a população brasileira. Isso só deve ocorrer em 2020, quando é esperada a realização do Censo Demográfico.

O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010).

Fundo de Participação

As estimativas populacionais divulgadas anualmente pelo IBGE servem, dentre outras coisas, para nortear Tribunal de Contas da União (TCU) no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios.

Menos populosas

Serra da Saudade, em Minas Gerais, é a cidade do Brasil com menos habitantes: 812. No Ceará, esse posto é de Guaramiranga, com 3.547 habitantes.

Fonte: O Povo

Por meio da assinatura de um Memorando de Entendimento, nesta quarta-feira (30), o Governo do Ceará e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) firmaram parceria para o desenvolvimento de ações integradas em pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação na área da Saúde. A solenidade foi realizada durante visita ao Polo Industrial e Tecnológico da Saúde, localizado no Eusébio. Entidade francesa com a qual o Estado articula acordos futuros, o Instituto Pasteur também integrou o ato e conheceu as instalações da estrutura.

Participaram do encontro entre gestão estadual e instituições o governador Camilo Santana, a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, o presidente do Instituto Pasteur, Christian Bréchot, além de secretários de Estado e diretores e técnicos das duas entidades. Na cerimônia, o chefe do Executivo destacou o empenho do Governo do Ceará na articulação com os principais institutos de pesquisa na saúde do Brasil e do mundo para trazer mais desenvolvimento para o Estado.

"A maior reivindicação da população é ter mais qualidade na saúde. E a saúde não existe apenas no ponto de vista do dia a dia do atendimento, existe na pesquisa, na inovação, para, por exemplo, encontrar as saídas para enfrentar o problema da dengue, da chikungunya, isso é feito através de estudos, de formação dos profissionais. Estamos falando aqui de ter um centro de pesquisa e inovação, de produção de vacinas, de qualificação na área de saúde para o Ceará e para o Brasil. Isso com um braço operacional de um dos maiores e reconhecidos institutos de pesquisa no mundo, que é a Fiocruz, e ainda a ideia de termos o renomado Instituto Pasteur", enfatizou Camilo Santana.

394_MVS6155.jpg

O memorando assinado prevê apoio a projetos em áreas estratégicas que contribuam para o desenvolvimento econômico e social do Ceará no campo da saúde, em articulação com instituições nacionais e internacionais. A pactuação envolve organização de cátedras de excelências, novos programas de pós-graduação e outras iniciativas de interesse das partes. O Governo do Ceará trabalha, junto à Fiocruz, no detalhamento de edital. De início, serão aproximadamente R$ 800 mil para impulsionar linhas prioritárias de pesquisa, como Biotecnologia, Saúde da Família.

Polo Industrial e Tecnológico da Saúde

O Polo Industrial e Tecnológico da Saúde compreende área de aproximadamente 73 hectares, no Eusébio, município da Região Metropolitana de Fortaleza. Para o local, o Governo planeja levar indústrias de referência no Brasil e no Exterior para ocupar o espaço e solidificar a produção para o setor. As indústrias selecionadas receberão incentivos de até 99% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) gerado em função da produção, da forma prevista na legislação do Fundo de Desenvolvimento Industrial (FDI), com retorno de até 1% e prazo de fruição de até uma década.

As duas primeiras empresas a terem estrutura no Polo são a Unidade de Ensino e Pesquisa Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com inauguração prevista para este semestre, e o Centro de Plataformas Vegetais da Fundação Osvaldo Cruz (Bio-Manguinhos), que passa por terraplanagem.

Fiocruz

Fruto de investimento de R$ 180 milhões, o centro de pesquisa da Fiocruz no Ceará estará operando em sua plenitude até o final do ano no Ceará. "Temos ainda vizinha à fábrica, no Polo, a terraplanagem da fábrica da Bio-Manguinhos, que será fábrica de vacina de células vegetais, a primeira fora do Rio de Janeiro. Portanto nós queremos, nesta área em que o Governo está construindo todo acesso e infraestrutura, construir um grande polo de pesquisa, desenvolvimento e tecnologia na área da Saúde para o Nordeste e para o Brasil", afirmou o governador Camilo Santana.

394_MVS6059.jpg

Presente na visita, a presidente da Fundação Oswaldo Cruz, Nísia Trindade, elogiou a estrutura das instalações da entidade no Ceará e projetou uma parceria de desenvolvimento na área de pesquisa e soluções para tratamento de problemas na Saúde que atualmente atingem a população, em especial, das regiões Nordeste e Norte.

"O processo de instalação de novos centros recentes tem como horizonte contribuir para redução das desigualdades regionais. Isso não é feito isoladamente por nenhum instituto de pesquisa, isso é feito a partir de uma política pública que tem que unir desenvolvimento social, ciência, tecnologia e educação", explicou.

No Polo também estão em curso as obras de Bio-Manguinhos, cujo investimento soma cerca de R$ 700 milhões. A previsão é de que o Centro Tecnológico de Plataformas Vegetais seja inaugurado entre 2019 e 2020. A primeira unidade produtiva terá duas plataformas, a de expressão transiente em folha de tabaco e a de cultura de célula vegetal. As tecnologias poderão ser usadas na produção de uma nova vacina para febre amarela e do biofármaco alfataliglicerase, para tratamento da doença de Gaucher.

Instituto Pasteur

O Instituto Pasteur é um dos mais importantes centros de pesquisa do mundo e conta com mais de 100 unidades. Desde 1885, é dedicado ao estudo da biologia dos microorganismos, doenças e vacinas. Para o Governo do Ceará, trazer a parceria para o Polo Industrial é ampliar a expertise do Estado na área da Saúde e transformá-lo em "grande centro de formação de pesquisa, não só para o Ceará mas para o Brasil inteiro", destaca Camilo Santana.

O governador esteve, no último mês de junho, em viagem à França, quando visitou a sede do instituto em Paris e iniciou conversas com dirigentes franceses para firmar acordo.

Nesta quarta-feira, o presidente do Instituto Pasteur, Christian Bréchot, visitou as instalações do Polo no Eusébio e afirmou estar impressionado com o nível de investimento destinado às iniciativas da saúde no Estado. Para ele, o comprometimento de gestores públicos com o desenvolvimento de estudos é fundamental para assegurar necessidades básicas e a redução de desigualdades. "Estamos vivendo numa era de progresso da ciência, da tecnologia. Com muito sucesso, mas também com muitas lutas. Precisamos demonstrar os benefícios da ciência para as populações dos países. A conexão entre a ciência, o social e o desenvolvimento econômico", disse.

Mais soluções

O secretário da Saúde, Henrique Javi, lembrou da necessidade do Ceará de seguir avançando no tratamento de arboviroses presentes no Estado, como zika, dengue e chikungunya. Para o titular da Sesa, a ampliação no campo da pesquisa traz esperança de mais ferramentas para que o combate seja cada vez mais eficaz.

"Vamos incrementar o desenvolvimento das tecnologias de saúde. O antibiótico que chega na nossa casa é resultado de anos de pesquisa, e o Ceará agora planeja para se colocar no mapa dos maiores centros de pesquisa do mundo, de forma em contribuir mais ainda e acelerar os avanços", afirmou.

Também estiveram no evento desta quarta-feira: o deputado federal Odorico Monteiro, os deputados estaduais Carlos Felipe e Bruno Gonçalves, o secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação, Inácio Arruda, o secretário da Infraestrutura, Lucio Gomes, o secretário do Desenvolvimento Econômico, César Ribeiro, o prefeito de Eusébio, Acilon Gonçalves, dentre outras autoridades e lideranças políticas.

Fonte: Governo do Estado

Pagina 3 de 187

4 Cidades Criativas

4 Cidades Criativas

4 Cidades Criativas

8493 Logo

pensar2

logo